O Rico: Lâmpada Mágica

junho 17, 2011

O Rico - Lâmpada Mágica

Filho: Olha pai, uma lâmpada mágica!
O Rico: Esfrega ela!
Filho: Por que?
O Rico: Talvez tenha um gênio dentro que pode realizar qualquer desejo.
Filho: Ah, já tenho você pra isso.

Para os gringos:

Son: Look, daddy, a magic lamp!
The Rich: Rubb it!
Son: What for?
The Rich: Maybe there’s a genie inside that can grant you any wish.
Son: Nah, I already have you for that.

Créditos da imagem: safadopoeta.blogspot.com

Anúncios

O Rico: Festa Junina

junho 16, 2011

O Rico - Festa Junina - Chico Bento

Amigo: E aí? Nada engraçado hoje relacionado ao seu dinheiro?
O Rico: Bom, tem a festa junina do meu filho…
Amigo: E?
O Rico: Ah, acho engraçado ele vestido de caipira.
Amigo: Eu disse relacionado ao seu dinheiro!
O Rico: Ué! Eu não te disse? Meu filho é uma nota de dez dólares.

Créditos da imagem: festasepresentes.wordpress.com


A Vadia

junho 16, 2011

A Vadia

Lá estava ela, mais uma vez. Noite afora, já era mais dia do que noite. Com um dos seus vestidos mais provocantes e uma sandália de salto alto fino que acentuava as curvas da coxa e panturrilhas. Toda perfumada e penteada, não havia um homem sequer que resistisse alguns segundos de contemplação. Era alta, chamativa, sexy, e ela sabia disso. Não era ingênua. Desde que entrou na adolescência, aprendeu a se acostumar com os olhares, com as frequentes abordagens, com os silêncios repentinos toda vez que ela chegava em algum lugar. Ela era daquelas que poderiam ter qualquer um. Bastava ela ficar parada no meio da pista que os homens faziam fila para abordá-la. Era um “não” atrás de outro. A cada homem que ela dispensava, seu ego aumentava mais ainda. Ninguém era bom o suficiente para ela.

Mas algo estranho aconteceu naquela noite. Em meio a tantos olhares focados nela, ela focou seu olhar em um homem. Este homem, curiosamente, ainda não havia reparado nela. “impossível”, pensou. Posicionou-se mais perto dele para entrar em seu campo de visão. Nada. Sequer um olharzinho. Chegou mais perto, quase na frente dele. Não tinha como ele não vê-la. Ela olhou fixamente para seus olhos. Então ele percebeu. Olhou para os olhos dela, sorriu. Ela respondeu com outro sorriso. Continuaram se olhando. Mas o homem nada fazia além de olhar e sorrir. “que que ele tá esperando?”, ela estava se irritando. Por que ele ainda não foi falar com ela? Estaria acompanhado? Compromissado? Seria homossexual? Tímido? Jamais ela saberia. Ela nunca tomava a iniciativa. Sua vida inteira se resumia em falar “sim” ou “não” para as propostas q recebia.

Enquanto ficava com aquele conflito de pensamentos na cabeça, uma outra mulher se aproximou dele. Sem mais nem menos, falou algo no ouvido dele. Ele sorriu e respondeu da mesma forma. Seria sua namorada? Ficante? Amiga? Não se podia ouvir do que estavam falando, mas era fácil notar que haviam acabado de se conhecer. Conversaram por mais alguns minutos e então se beijaram.

A outra assistiu tudo de camarote. Ficou enfurecida. Depois de tudo que havia feito, perdeu para uma qualquer. Uma ignorante que desrepeitou seu papel de mulher, de passiva. Uma descarada que teve a ousadia e a cara de pau de tomar a iniciativa. Uma safada que ousou desafiar as leis da paquera entre homens e mulheres. Uma vadia.

Créditos da imagem: cidaderiodejaneiro.olx.com.br


O Rico: Dia dos Namorados

junho 13, 2011

O Rico - Dia dos Namorados

Amigo: O que você ganhou da sua namorada no Dia dos Namorados?
O Rico: Um estoque vitalício de barras de chocolate.
Amigo: E o que você deu pra ela?
O Rico: A fábrica de chocolate.

Para os gringos:

Friend: What did you receive from your girlfriend on Valentine’s Day?
The Rich: A life supply of chocolates.
Friend: And what did you give her?
The Rich: A chocolate factory.

Créditos da imagem: pt.dreamstime.com


Uma futura cineasta

junho 13, 2011

Para quem não conhece, a @taticantalejo e minha priminha de coração que carreguei no colo não faz muito tempo. Hoje ela decidiu se aventurar no concorrido mundo das telonas e, mesmo antes de sair do colegial, já está brilhando no YouTube. Ontem tive o prazer de ver um de seus muito trabalhos já publicados em seu Canal do YouTube. Fiquem agora com um mashup de cenas de filmes diferentes. Parece que é um só!! Parabéns, priminha! =)


O Rico: O Fenômeno

junho 7, 2011

O Rico - Ronaldo

Amigo: Você vai no jogo de despedida do Ronaldo?
O Rico: Não.
Amigo: Por que?
O Rico: Tenho impressão que ele me convidou só por educação.

Para os gringos:

Friend: Are you going to watch Ronaldo’s last game?
The Rich: Nope.
Frend: Why?
The Rich: I’ve got a feeling he invited me out of pity.

Créditos da imagem: dignow.org


O Rico: Cerveja

junho 3, 2011

O Rico - Cerveja

Amigo: Poxa, como incentivar a concorrência se as principais marcas de cerveja do país são todas do mesmo dono.
O Rico: Não olha pra mim.
Amigo: Pensei que você fosse o dono.
O Rico: Sou, mas isso é problema do Marketing.

Créditos da imagem: corposaun.com