Até o fim

março 7, 2011

Pare um pouco.. e pense: Você foi mesmo até o fim? Realmente fez tudo o que podia? Valeu a pena ter ido tão longe só para chegar na reta final, e parar no meio dela? Por que você parou? Tá muito difícil? Queria que fosse fácil? E se fosse fácil? Você daria valor? Acho que não. Se fosse fácil, você nem teria tentado. Na verdade, você já teria conseguido.

E agora? Falta tão pouco. Um imprevisto? Dá um jeito. Pra tudo se pode dar um jeito. Se não tiver um jeito, então cria um. Foda-se. O que você tem a perder? Já foi tudo por água abaixo mesmo. Não é por isso que você vai desistir? Então, foda-se! Pior do que fracassar é não tentar. Tá com medo de fracassar? Parabéns! Você é humano, assim como todos nós. Sabe o que vai te dar medo de verdade? É ficar lembrando de tudo o que você poderia ter feito… e não fez. Já passou por isso? Aposto que sim. Aposto que você detesta esse sentimento. Essa frustração.

Então lembre-se: essa porra só termina após cruzar a linha de chegada. Você vai, ao menos, cruzar a linha de chegada né? É o mínimo que você pode fazer depois de ter chegado até onde está. Seria uma falta de respeito com você mesmo não ir até o fim. Você merece ir até o fim. Só você sabe o quanto ralou para chegar até onde está. Se não for para terminar vitorioso, pelo menos termine com a conciência limpa. Caso contrário, vai sentir nojo toda vez que se olhar no espelho.

Agora levanta, respira fundo, e vai.. até o fim.

Anúncios

Doce Recomeço

agosto 4, 2009

A primeira demissão parece bastante com o primeiro fora que se toma de uma namorada. Você leva um susto na hora e acha que o mundo irá acabar, mas bem lá no fundo, você já sabia que isso iria acontecer (o fora. Não o fim do mundo).

É difícil de aceitar e você até fica furioso consigo mesmo. Isso acontece porquê você sabe que a culpa é quase que inteiramente sua. Alguma cagada que você fez com a namorada ou simplesmente o fato de se acomodar no relacionamento, sem oferecer nada de novo pra ele.

Convenhamos: você merecia esse pé na bunda. Mais do que isso: você precisava desse pé na bunda. Sem ele, você jamais iria acordar. E iria ficar na mesma até morrer. Já imaginou? Só espero que você tenha recebido o toque de despertar a tempo. Ninguém merece ter que correr atrás quando já é tarde demais.

Portanto, chore tudo o que tiver que chorar. Coloque tudo para fora pra não explodir lá na frente. O relacionamento que você perdeu, provavelmente não terá mais volta. Pelo menos não agora. Não até você amadurecer.

Então aproveite o momento. Agora que você está solteiro, tem mais tempo para cuidar de si mesmo. Termine aquelas terefas que sempre deixava para depois e comece a se produzir para conquistar um novo relacionamento. Fique tranquilo. Você não irá cometer o mesmo erro novamente. E isso faz de você, hoje, uma pessoa melhor do que ontem. Onde você errou, irá acertar. Onde acertou, irá melhorar. E é aí que está a beleza de recomeçar.