O Invejado

maio 6, 2010

O que caracteriza o invejado?

São os olhares. De todos os que queriam estar em seu lugar.
É a frustração. De quem já esteve a sua frente e fracassou.
É a fúria. De quem jamais conquistará o que ele conquistou.
É a doce ilusão. De quem o vê cair frente a outro.
É a história. Vivida por poucos, invejada por muitos.
É a força surpeendente. Que desperta apenas na hora de enfrentá-lo.

Porquê ele é o símbolo a ser batido.
Porquê ele é a razão da tua raiva.
Porquê ele te obriga a ser melhor.
Porquê ele te desafia a se superar.

Porquê ele desperta em você um sentimento irritante e aflitivo:

A inveja

Anúncios

A Ligação

janeiro 21, 2010

A Ligação

Engraçado como uma simples ligação faz uma pessoa perceber muita coisa. Hoje recebi uma dessas ligações.

Recebi uma ligação de um amigo que não vejo há quase um ano. Chorando, ele me deu péssimas notícias. Daquelas que só se compartilham com os mais próximos. Jamais imaginei que ele lembraria de mim numa hora dessas.

Engraçado como o tempo passa rápido e, em consequência disso, começamos a esquecer muita coisa. A não fazer mais tanta questão. Engraçado que, quase de bate-pronto, imaginamos que as pessoas que esquecemos são assim com a gente também.

Que não se importam mais tanto como antigamente. Já não ligam nem pra dar notícia. Você também é assim. Sempre adiando aquela ligação, aquele encontro no final de semana. Engraçado, né?

Pensando bem, não é nem um pouco engraçado. É justamente o contrário. É triste. É horrível.

Mais horrível ainda seria não receber notícias dele.

“Obrigado pela lembrança. Pode contar comigo.”


Pai e filho – O Aniversário

outubro 3, 2009
Pai e Filho

Pai e Filho

Já faz tempo que o filho não comemora mais os aniversários com festas e presentes. Desde que entrou na faculdade, apenas reúne os amigos mais próximos e vai para alguma balada ou bar. O pai não o deixa mais fazer festas com a casa cheia de convidados. No máximo, um almoço ou jantar com alguns parentes e um bolo. Nada mais. E quem cuida disso é a mãe. A mãe é a encarregada de demonstrar o afeto e fazer esses mimos aos filhos. O dever do pai se limita a pagar a conta. O pai nunca soube como dar carinho aos filhos. Sempre foi uma pessoa bastante fria. A mãe diz que ele perdeu o pai muito cedo e por isso age dessa forma. O filho aprendeu a lidar com isso. Já sabe que em seu aniversário, o pai lhe cumprimentará com um abraço superficial com tapinhas nas costas.

Será que o pai sabe que o filho está se tornando igual a ele? Será que mesmo com todo o amor da mãe, o filho irá mesmo se espelhar na imagem do pai?

Chega o dia do aniversário. A mãe lhe dá os parabéns com um largo sorriso, um abraço bem forte e, pra variar, um monte de beijos. O filho faz cara de nojo ao receber os beijos, mas aprecia o gesto. O filho vai para a cozinha e encontra o pai. Este lhe dá um abraço superficial com tapinhas nas costas. Sequer lhe olha nos olhos (só faz isso ao dar uma bronca ou pedir alguma satisfação). O filho finge que faz pouco caso e começa a se arrumar para o almoço com a família.

A família vai para um restaurante chique. O pai sempre deu à família o melhor que podia pagar. Às vezes, até mais do que isso. O filho saboreia seu almoço e o agradece. Ao sair do restaurante, o pai se manifesta:
– Filho, vamos comprar um tênis?
– Um tênis?
O pai faz cara de bravo:
– É, um tênis.
O filho entende a proposta e decide aproveitar a oportunidade.
– Tá bom. Vamos comprar um tênis.

Os dois vão para uma loja de varejo. O pai ajuda o filho a escolher o modelo. Feliz com a escolha, o filho agradece, e os dois voltam para casa. Ainda confuso, o filho se pergunta se aquilo tudo havia sido obra da mãe. Mas ele prefere acreditar que foi o pai que realmente quis agradar o filho.

Na semana seguinte, o filho usa o calçado novo todos os dias.


Portfólio – Um lado mais jornalístico

agosto 6, 2009

Não podia faltar, né? Quem quiser ver um pouco do meu trabalho no mundo do jornalismo esportivo, pode dar uma olhada no site da Atlética Cásper Líbero.

Atlética Jesse Owens

Atlética Jesse Owens

Assino as matérias como Duda Mendonza e sempre que posto uma reportagem, dou uma twittada no @couto10 para avisar.


Portfólio – Trident Blogsticando

agosto 6, 2009

Criação feita pela F.biz para Trident. Seguindo a linha da campanha “Esticadinha” no off-line, foi criado um blog para dar uma “esticada” em posts da blogosfera que tivessem a ver com a linguagem da marca. Para ampliar, clique na imagem ou visite o blog aqui.

Trident Blogsticando

Trident Blogsticando


Portfólio – Ibmec Online

agosto 6, 2009

Campanha realizada para o Ibmec Online. A criação para a campanha Off-line foi feita pela Santa Clara. A campanha online foi planejada e executada pela F.biz. Aqui estão alguns steps de banners feitos para a campanha. Para ampliar, clique nas imagens.

Sky

Sky

 E o Super Banner:

Ibmec_Super_Banner